Dentro de casa | Certificação Hídrica | Torneiras | Chuveiro | Autoclismo | Máquinas de lavar | Conselhos | Bolsa |
Exterior | Pátios e quintais | Jardim | Lavagem de veículos | Piscinas | Conselhos |
Aproveitamento de águas | Formas de Aproveitamento | Água da Chuva | Água residual tratada |

::Outros projectos Água

Após a experiência com a iniciativa EcoFamílias – Energia, o grupo de trabalho de Energia e Alterações Climáticas decidiu passar esta experiência para a componente de consumo de água. Em 2008 deu-se início ao projeto EcoFamílias – Água com o acompanhamento de 10 famílias da região do Algarve. Desde essa altura, o projeto já se estendeu a outros locais do país: Município de Mafra, região Oeste e Município de Coimbra.

Para além das EcoFamílias – Água, outros projetos abordaram o uso eficiente do consumo de água no setor urbano. No ano letivo de 2010/11 teve início ao projeto Escolas Amigas da Água, que já conta com mais de 30 escolas participantes.

 

 

EcoConsumo          Conversas com Ambiente & EcoFamílias da Póvoa
 

EcoFamílias - Água          Famílias Oeiras Ecológica          Escolas Amigas da Água

Boas Práticas Ambientais no ISS

 

 

 

O projeto EcoConsumo – Ferramentas de apoio para o consumo sustentável de energia e água, surgiu com o objetivo de procurar ajudar a reduzir essa pressão nos orçamentos das famílias, nomeadamente pela atuação nas áreas da água e da energia com vista à redução das faturas das famílias nestes bens. Nestas áreas existem medidas simples, quer pela alteração de comportamento, quer através de investimentos de valor reduzido, que é possível desenvolver para reduzir o seu consumo, com um impacte positivo na economia doméstica.

Com este projeto pretendeu-se atingir este objetivo pela realização de trabalho em duas vertentes:

  • Pela disponibilização de ferramentas que permitam aos consumidores tomar decisões informadas, em diferentes áreas, no que diz respeito à eficiência energética e hídrica.
  • Pela capacitação de técnicos de diferentes entidades, com contacto direto com a população, para que possam fazer uso destas mesmas ferramentas nos processos de acompanhamento e aconselhamento aos consumidores, tirando partido do potencial multiplicador destes atores-chave.


O projeto decorreu entre 1 de novembro de 2013 e 30 de abril de 2015, e teve o apoio do Fundo para a Promoção dos Direitos do Consumidor, da Direção-Geral do Consumidor.
 

Veja aqui o relatório do projeto.  

 

 

 

Conversas com Ambiente & EcoFamílias da Póvoa

Estas iniciativas inseriram-se no âmbito do projeto EcoBairro da Póvoa, numa parceria com a Câmara Municipal de Vila Franca de Xira, que decorreu durante o ano de 2013, com o objetivo de fomentar a utilização racional dos recursos naturais no dia-a-dia das famílias da Póvoa de Santa Iria, sensibilizando os cidadãos para a alteração de comportamentos, com vista a um desenvolvimento que se quer mais sustentável.

Por um lado, pretendeu-se alcançar um grupo de 30 famílias na freguesia da Póvoa de Santa Iria, com as EcoFamílias da Póvoa, e por outro abranger toda a população da freguesia, através das Conversas com Ambiente. Nas visitas às famílias foram avaliadas as componentes do consumo de energia, consumo de água, construção e gestão de resíduos. Nas Conversas, para além destes temas, foram ainda abordados os temas do consumo sustentável e da mobilidade.

Veja aqui o relatório do projeto.

 

 

 


EcoFamílias - Água

O projecto EcoFamílias – Água teve o seu início em 2008, numa parceria com a Águas do Algarve, SA, tendo como objetivo a alteração de comportamentos no consumo de água, pelo contacto direto com famílias. O projeto visava acompanhar 10 famílias da região do Algarve, analisar os seus consumos de água, com o objetivo de delinear planos de uso eficiente de água para as famílias abrangidas. Este projeto permitiu também avaliar os benefícios de instalação de redutores de caudal em dispositivos tais como torneiras e chuveiros.

Posteriormente o projeto estendeu-se a outras zonas do país: Município de Mafra, região Oeste e Município de Coimbra.

Veja aqui os relatórios desta iniciativa em cada região:
 

Algarve      Mafra      Oeste      Coimbra



Na região Oeste, para além do acompanhamento das famílias, efetuou-se também a monitorização de uma escola da região. Veja aqui o relatório de acompanhamento da escola.

  

 



O projeto Família Oeiras Ecológica tem como principal objetivo fomentar a alteração de comportamentos e sensibilizar as famílias do Concelho de Oeiras para as temáticas da energia, da água, dos resíduos, da mobilidade, do jardim e do consumo sustentável.


Consulte os relatórios das edições já realizadas:
 

  • FOE I (2009), com o acompanhamento de 50 famílias;
     
  • FOE II (2011), com o acompanhamento de 50 famílias;
     
  • FOE III (2013), com o acompanhamento de 50 famílias (Sinopse; relatório Quercus).

 

| Topo |
 




 

A Quercus lançou no ano letivo 2010/11 o projeto “Escolas Amigas da Água”, com os objetivos de:

  • Contribuir para o conhecimento dos consumos de água dentro de uma escola e diferenciá-los por utilização;
     
  • Consciencializar a comunidade escolar (docentes, discentes e auxiliares) para a importância do uso eficiente da água e de que forma esse esforço pode ser concretizado no quotidiano;
     
  • Promover o desenvolvimento de atividades relacionadas com o uso eficiente de água e estimular novas ideias;
     
  • Conseguir uma maior eficiência de utilização da água nas escolas participantes.


No ano letivo 2010/2011, o projeto decorreu apenas na região do Algarve, em parceria com a Águas do Algarve, SA. No ano letivo 2011/12 deu-se continuidade ao projeto na região do Algarve e a sua realização foi também estendida a Coimbra, em parceria com a Águas de Coimbra, e aos Municípios de Almeirim, Alpiarça, Benavente, Chamusca, Coruche, Salvaterra de Magos e Torres Novas, em parceria com a Águas do Ribatejo. Nesta edição foi também realizado um concurso para a elaboração de uma bandeira para o projeto.

Consulte aqui os relatórios do projeto:

 

| Topo



Plano de Boas Práticas Ambientais para os edifícios do Instituto de Segurança Social

O projeto Plano de Boas Práticas Ambientais para os edifícios do Instituto de Segurança Social (ISS) teve por objetivo conhecer as práticas seguidas em 27 edifícios de escritórios do ISS, identificando as boas práticas já existentes e os potenciais de atuação em cada um dos edifícios, que serviu de base para elaboração de um Manual de Boas Práticas Ambientais para cada edifício abrangido. Este projeto também teve por objetivo ser uma referência para os restantes edifícios do ISS. Este projeto decorreu entre Junho de 2010 e Março de 2012.

Veja aqui o relatório do projeto.

 
 

Atualizado: 02/10/2013

 

Outros projectos Água por míudos
:: DIVULGAÇÃO


:: CONSELHOS

Aplique uma cobertura na sua piscina, de forma a evitar perdas por evaporação.


HOME | DOCUMENTAÇÃO | LINKS | GLOSSÁRIO | CONTACTOS | Site desenvolvido por: