Certificações Abrangentes | Rótulos Ecológicos | Sistemas de Gestão Ambiental | Comércio Justo | Outras |
Certificações por área | Energia | Hídrica | Edifícios | Agricultura | Floresta | Têxtil | Cosmética | Produtos Marinhos |
Pegadas | Ecológica | Carbono | Hídrica |
Conselhos | Compra | Utilização | Limpeza | Alimentação | Festas | Lazer | Serviços | Fim de Vida Útil |

Pegadas - Carbono

Pegada de Carbono

A pegada de carbono mostra o impacto que o nosso consumo de energia tem na emissão do principal gás de efeito de estufa (GEE) para a atmosfera, o dióxido de carbono (CO2).

São várias as variantes que entram no cálculo desta pegada, desde o meio de transporte utilizado quer nas deslocações diárias quer em viagens de laser à quantidade e tipo de energia que consumida nas mais diversas actividades domésticas. A todas estas componentes do nosso consumo está subjacente o recurso a combustíveis fósseis, como o petróleo, o carvão e o gás, cuja queima está na origem da emissão de GEE, que contribuem para o aquecimento global.

Além de nos permitir perceber qual o peso dos nossos hábitos de consumo energético na emissão de CO2 para a atmosfera, a pegada de carbono mostra também de que forma a alteração desses hábitos (por exemplo, diminuindo a utilização do automóvel ou implementando medidas de eficiência energética em casa) se pode traduzir numa redução destas emissões.

Para calcular esta pegada, existem várias páginas na Internet que disponibilizam calculadoras de carbono, as quais transformam dados como o consumo de combustível associado às deslocações e o consumo de electricidade associado às práticas domésticas em quilogramas de dióxido de carbono (CO2). Algumas calculadoras incluem também neste calculo outros gases com efeito de estufa (GEE).

Actualmente, existem já várias empresas que apresentam medidas de compensação de carbono associadas aos seus serviços, como é o caso das companhias aéreas. Estas medidas assentam principalmente em donativos que revertem a favor de projectos de reflorestação e recuperação de determinadas áreas florestais ou de investimento em energias renováveis.

Da mesma forma, certos produtos do mercado são já identificados como sendo baixos em carbono, no sentido em que o seu processo de fabrico e/ou transporte teve uma baixa intensidade energética e, portanto, emissões de carbono mais reduzidas.

Uma calculadora de carbono portuguesa:
http://www.calculadoracarbono-cgd.com/
 

:: CONSELHOS

Sempre que possível escolha garrafas de vidro de tara retornável.


HOME | DOCUMENTAÇÃO | LINKS | GLOSSÁRIO | CONTACTOS | Site desenvolvido por: