Iluminação | Tipo de lâmpadas | Potencial de poupança | Questões sobre lâmpadas | Conselhos |
Electrodomésticos | A eficiência começa na escolha | Etiqueta Energética | Conselhos | Bolsa |
Equipamentos | Standby e off-mode | Comprar equipamentos | Conselhos |
Climatização | Climatizar a casa | Sistemas de Climatização | Conselhos |
Renováveis | Aplicações | Tecnologias | Benefí­cios e incentivos | Certificação e garantia | Bolsa |

Climatização - Climatizar a casa


O conforto térmico de uma casa é um factor determinante para a qualidade de vida de quem a habita. Assegurá-lo implica recorrer, na maior parte das vezes, a sistemas de climatização que regulam a temperatura e a humidade do ambiente interior. O contributo destes sistemas no consumo energético global de uma casa é significativo e está estimado em cerca de 17%.

Daí que a escolha do melhor sistema de climatização para a nossa casa deva começar, se possível, na construção. De facto, quanto melhor for a qualidade dos elementos construtivos menor será a necessidade futura de recorrer a climatização artificial, o que se reflectirá numa redução da factura energética e consequentemente da ambiental.

A introdução da etiqueta de eficiência energética, obrigatória para qualquer transacção de compra/venda/arrendamento a partir de 1 de Janeiro de 2009, representa uma vantagem considerável no mercado imobiliário, pois fornece aos interessados elementos essenciais sobre as características da habitação e a sua eficiência energética, habilitando-o a uma escolha mais responsável.

Na página dedicada ao tema da construção sustentável poderá encontrar informação sobre quais os aspectos a ter em conta no planeamento e na construção da sua habitação e ainda alguns conselhos úteis para o ajudar a reabilitá-la, tornando-a mais confortável e menos exigente do ponto de vista energético.

Outros projectos Energia por míudos

:: CONSELHOS

O comando é muito prático, mas não desliga realmente a televisão. Um equipamento em stand-by está na mesma a consumir energia, e é um consumo que não é despresável, e por vezes não é muito diferente do consumo do aparelho ligado. Ao fim de um ano este consumo pode representar uma diferença de 50€ na sua factura da electricidade.


HOME | DOCUMENTAÇÃO | LINKS | GLOSSÁRIO | CONTACTOS | Site desenvolvido por: