Iluminação | Tipo de lâmpadas | Potencial de poupança | Questões sobre lâmpadas | Conselhos |
Electrodomésticos | A eficiência começa na escolha | Etiqueta Energética | Conselhos | Bolsa |
Equipamentos | Standby e off-mode | Comprar equipamentos | Conselhos |
Climatização | Climatizar a casa | Sistemas de Climatização | Conselhos |
Renováveis | Aplicações | Tecnologias | Benefí­cios e incentivos | Certificação e garantia | Bolsa |

Equipamentos - Comprar equipamentos

Na compra de um equipamento de entretenimento ou informática, deve-se ter em conta os consumos envolvidos não só na sua utilização, mas também quando o aparelho está em standby e off-mode. Muitas marcas já disponibilizam essa informação de forma visível, mas caso ela não o esteja, deve-se solicitar o manual de instruções a um funcionário pois aqui deverão aparecer esses dados.

Os consumos standby, por exemplo, são bastante comuns e verificam-se em equipamentos que, ao serem desligados por exemplo no controlo remoto, continuam a apresentar uma luz vermelha ou relógio luminoso. São os casos das televisões, rádios, aparelhagens, leitores de vídeo e de DVD, entre outros.

No sentido de reduzir estes consumos a Comissão Europeia estabeleceu que os valores de standby e off-mode dos equipamentos não devem ultrapassar os seguintes valores:

  • Off-mode (estado de desativação) não excederá 0,5 W;
  • Standby (estado de vigília):
    • não excederá 0,5 W se o equipamento se encontrar num estado que permita apenas uma função de reativação ou, alternativamente, apenas uma função de reativação acrescida da simples indicação de que a função de reativação está ativa;
    • não excederá 1 W se o equipamento se encontrar num estado que permita apenas uma visualização de informações ou de estado ou, alternativamente, apenas uma combinação da função de reativação e visualização de informações ou de estado.
       

Para ajudar na escolha dos equipamentos mais eficientes a etiqueta de eficiência energética vai ser alargada a todos os equipamentos que têm consumo de energia associado, começando desde já pelos televisores.



(Fonte: http://www.newenergylabel.com/)

 

Na escolha de alguns equipamentos deve-se ter em atenção as vantagens e condicionantes das opções existentes, como é o caso da escolha de um computador ou de uma impressora:

  • Se estiver indeciso entre comprar um computador portátil ou um computador de secretária deve ter em atenção dois factores: o computador portátil consome menos energia que o computador de secretária, mas este último permite actualizar/melhorar o computador ao longo dos anos;
     
  • Na escolha de uma impressora deve ter em conta a real utilização que lhe vai dar. Uma impressora a jacto de tinta consome apenas 5% do consumo de uma impressora laser equivalente, em modo activo. No entanto a impressora a laser é mais rápida e imprime o dobro de páginas num minuto face à de jacto de tinta. Assim, para impressões frequentes, em quantidade e principalmente de texto a preto e branco, pode compensar apostar numa laser, pois permitirá, com o mesmo toner, imprimir mais cópias em menos tempo do que um cartucho numa impressora a jacto de tinta. Estas últimas, que são também mais baratas, devem ser uma aposta para quem faz impressões pontuais ou que envolvam de imagens ou gráficos.

 

Para saber mais sobre os equipamentos mais eficientes à venda no mercado, pode consultar o site www.topten.pt, onde já se encontram disponíveis as categorias de Monitores e Impressoras.

 

Actualização: Agosto de 2013

Outros projectos Energia por míudos

:: CONSELHOS

A chama do fogão tem que ter forma cónica e cor azulada. Se assim não for deve chamar um técnico para afinar o fogão, pois está a desperdiçar gás.


HOME | DOCUMENTAÇÃO | LINKS | GLOSSÁRIO | CONTACTOS | Site desenvolvido por: